Porque você deve visitar o Instituto Inhotim em Brumadinho – MG

O Instituto Inhotim é o maior centro de arte ao ar livre da América Latina, possui mais de 400 hectares de área de preservação sendo 96 de área de visitação. Neste imenso e natural parque cheio de encantos já passaram mais de 2 milhões de pessoas em pouco mais de 10 anos de existência.

Minas e seus encantos. Cidades históricas, serras, botecos excelentes em BH, boa comida, natureza, artes, muita arte. Quem te conhece não esquece jamais… Oh! Minas Gerais.

No meio disso tudo você encontra uma pequena cidade chamada Brumadinho, com 30 mil habitantes e menos de 60 Km da capital Belo Horizonte. Lá está o jovem e famoso Instituto Inhotim. Conheça mais da história aqui.

Um dos melhores museus do mundo

Não é de hoje que ele figura entre os melhores museus do mundo. No Travelers Choice 2016, ranking realizado anualmente pelo tripadvisor, o Instituto Inhotim ficou na vigésima posição no top 25 melhores museus do mundo. No Brasil ele está atrás apenas da Pinacoteca do estado de São Paulo.

Matthew Barney - inhotim

Paisagismo que encanta

Uns chamam de parque, outros de museu, outros de jardim. O Instituto Inhotim é tudo isso e mais um pouco. Preservado em uma área de mais de 400 hectares dentro da mata atlântica, já da pra imaginar o que se espera. Ok, não dá. Só indo mesmo pra saber.

Aproveitando toda essa atmosfera, o instituto é de encantar até o mais urbano dos homens. A maior variedade de Palmeiras, milhares de árvores como Pau Brasil, Jequitibás, entre outros. São árvores pequenas, médias, gigantes. Plantas diversas que juntas com os espelhos d`água, galerias e obras de arte nos trás uma sensação única de estar ali.

Os jardins tiveram a influência de Roberto Burle Marx e nestes mais de 10 anos de parque os paisagistas responsáveis por tanta beleza foram: Luiz Carlos Orsini, responsável pelo projeto paisagístico de 25 hectares entre 2000 e 2004, e Pedro Nehring, atual paisagista responsável.

Paisagem Inhotim Lago Inhotim

Jardim Botânico, viveiro, bosques, trilha, estufa…

A botânica é realmente o que mais chama atenção. Uma coisa vai levando a outra. O lugar, a mata atlântica, as mais de 5000 espécies que representam mais de 28% das famílias botânicas do planeta. Natureza viva!

O Instituto recebeu em 2010 a chancela de jardim botânico por tamanha riqueza e variedades de espécies. Há também diversos jardins para desfrutar uma, duas ou até três dias maravilhosos, estufas com diversas plantas e flores, bosques, isso sem falar nos diversos bichos encontrados pelo parque: esquilos, saguis, diversas aves, e muito mais.

Árvore Inhotim Paisagem instituo inhotim Inhotim aéreo

Confira os destaques botânicos do instituto.

Obras de arte espalhadas por todo o instituto

O instituto é grande, mas vale a pena cada passo dado. Para quem tem problemas de locomoção, há a possibilidade de pegar carona com carrinhos espalhados pelo museu.

São diversas obras permanentes espalhadas por todo o instituto, umas até distantes das outras. Algumas das obras são interativas como o já famoso caleidoscópio gigante de Olafur Eliasson e as letras que parecem tijolos da artista Marilá Dardot, que ficam espalhadas por um gramado bem extenso e gostoso. Dá pra ficar horas ali se divertindo.

Dentre as obras mais famosas do parque estão as grandiosas vigas “Beam Drop Inhotim” de Chris Burden, as paredes coloridas “Invenção da cor” de Hélio Oiticica e as brilhantes bolinhas no espelho d’água “Narcissus Garden” do artista Yayoi Kusama. Muito interessante para refletir…e para tirar fotos também.

Arte Inhotim
Durante a minha visita ao Instituto Inhotim

Arte em Inhotim ferros Escultura Inhotim Inhotim escultura Bolinhas InhotimInstituo Inhotim fuscas

 

Galerias, exposições, arquitetura e muito mais

São várias galerias espalhadas por toda a extensão do instituto, às vezes distantes uma das outras. Nas galerias encontramos exposições de artistas do mundo todo. Esculturas, quadros, arte moderna e contemporânea de primeira. Muita coisa boa.

Os pavilhões com arquitetura arrojada e bastante diferentes uns dos outros, são parte da paisagem do instituto. Por fora um deslumbre, por dentro uma experiência única.

adriana varejao Galeria Lygia Pape Galeria miguel rio-branco Galeria Tunga

Dica: Não deixe de visitar o galpão de Cardif e Bures Miller. Caixas de som penduradas sonorizam o ambiente com histórias onde o áudio ecoa em 3D. Sente em uma das cadeiras, feche os olhos e sinta-se dentro da história. Muito bom!

Galpão cardiff miller

Próximo à Belo Horizonte

O Instituto Inhotim fica na cidade de Brumadinho à 60 km de Belo Horizonte. Segundo os funcionários, são necessários no mínimo dois dias para conhecer bem o parque e eu acredito neles. Quando visitei, fiquei um dia e não consegui aproveitar como queria.

Brumadinho e cidades próximas tem estrutura de pousadas, porém, por ser perto de BH, dá para aproveitar sua estadia em Hotéis pela capital mineira. De quebra ainda aproveita para jantar e aproveitar os bares de BH.

Serviço

Mais informações sobre os serviços do Instituto Inhotim, acesse:

http://www.inhotim.org.br/visite/como-chegar/

Vá, aproveite e absorva muita natureza e cultura. Um passeio que me marcou e também irá te marcar pelo resto da vida.